Por Robervando Gomes, em 03 de dezembro de 2018

CEAP e IBM prometem trazer a inteligência artificial para dentro da sala de aula

O mundo sempre esteve em constante mudança, isso é fato, porém desde o advento da internet, a popularização dos smartphones, elas se tornaram cada vez mais rápidas e constantes. Estamos em um mundo onde as “coisas” inanimadas parecem ganhar vida, permitindo que elas não apenas respondem a comandos, mas interajam, processam com inteligência “própria” e oferecem soluções assertivas em um curto período de tempo.
O AI (Artificial Inteligence) ou em tradução livre Inteligência Artificial, não é uma tecnologia nova, porém suas aplicações cada vez mais complexas e o seu desenvolvimento vem, dia após dia, fazendo parte da realidade de todas as pessoas. Hoje, é possível encontrar várias aplicações da AI na vida real: desde jogos, programas de computador, aplicativos de segurança a sistemas informacionais, robótica (robôs auxiliares), dispositivos para reconhecimentos de escrita à mão e reconhecimento de voz, programas de diagnósticos médicos, etc. Os reflexos dessa tecnologia influenciam, e influenciarão ainda mais, a vida de inúmeras pessoas. Para tanto, há hoje uma necessidade latente de capacitação, para que no futuro os nossos profissionais possam contribuir efetivamente com a sociedade.

Com o intuito de democratizar o acesso à tecnologia para jovens provenientes de bairros com maior vulnerabilidade social e prepará-los para o mercado de trabalho, tornando-os mais qualificados para que possam se tornar agentes de transformação e responder às principais demandas, o CEAP, em parceria com a IBM, está moldando novos métodos de ensino, integrado a metodologia PBL (Project Based Learning), para que a inteligência artificial possa ser ensinada e aplicada nos cursos técnicos profissionalizantes da organização.

Por este motivo, os professores do CEAP visitaram a IBM no último dia 27 novembro, em São Paulo, onde tiveram a oportunidade de participar de um treinamento com intuito de utilizar em sala de aula recursos como o T.J.Bot, um robô desenvolvido pela IBM. Através dessa atividade é possível apresentar aos alunos tecnologias cognitivas e IA, o que permite trazer o robô “à vida” usando os serviços Watson, uma das maiores plataformas de serviços cognitivos do mundo. A atividade será conduzida pela construção e programação de um T.J. Bot físico, o que permitirá aos jovens ganharem experiência com o uso de um Raspberry Pi e programação no Swift. Além de utilizar as fórmulas de programação existente, os alunos terão também a oportunidade de contribuir para o “treinamento” do Watson com os seus próprios scripts e algoritmos.

Mais do que aprender uma competência, através da tecnologia os jovens beneficiados serão capazes de explorar horizontes e vislumbrar novas oportunidades, permitindo com que eles se tornem protagonistas do próprio futuro.

O CEAP - Centro Educacional Assistencial Profissionalizante - é uma organização não governamental sem fins lucrativos que atende cerca de 1.000 jovens na região de Pedreira, Zona Sul de São Paulo. Ao longo desses 33 anos de atuação, a instituição já transformou a vida de mais de 7000 jovens e famílias.

O CEAP agradece a IBM pela confiança nesse grande projeto!
parceiros: