Por Robervando Gomes, em 24 de outubro de 2018

Feira de Inovação e Ciências do CEAP

Todos nós queremos fazer parte das tendências tecnológicas, aspiramos construir algo novo, mudar o presente e porque não antecipar o futuro?! E talvez esse “desejo” seja ainda mais intenso nesta geração de jovens que já nasceram antenados, que possuem em seu DNA a própria inovação e como “responsabilidade” pensar no que ninguém ainda pensou e dessa forma construir um mundo melhor, tecnológico e humano. E é em outubro que a imaginação aflora ainda mais por conta dos diversos eventos que são realizados, somos estimulados a refletir sobre novas possibilidades, é nesse mês que desde 1992 acontece no bairro da Pedreira, zona sul de São Paulo, a Feira de Inovação e Ciências do CEAP- FeCEAP. Um evento gratuito e aberto aos moradores da comunidade que encontram na ocasião oportunidade de se atualizarem sobre os assuntos mais relevantes do mercado, tirarem dúvidas e se divertirem em um ambiente descontraído e familiar.

Durante a Feira de Inovação, os alunos do CEAP apresentam projetos com diferentes níveis de complexidade em diversas categorias: engenharia, tecnologia, administração, seguros, meios de pagamento e sociedade digital.

Ao escolher as áreas de exposição dos projetos a organização sinaliza a sua preocupação diante dos desafios atuais estimulando os alunos a se tornarem agentes de transformação, capazes de criar diversas soluções. A tarefa de desenvolver ou repensar os meios de pagamentos, de democratizar o acesso ao ensino e a tecnologia pode até ser grande, se não um dos maiores da nossa sociedade, mas mesmo com diversos estudiosos e empreendedores debruçados sobre esses temas, ainda sim é possível que alunos de diferentes cursos técnicos juntem-se e encontrem ótimas soluções, pelo menos é o que comprova o histórico da organização.

Desde a primeira edição os jovens premiados na FeCEAP participam de inúmeros eventos no brasil e no mundo, por apresentarem um olhar diferente sobre temas importantes e sugerirem abordagens inusitadas e criativas, capazes de melhorar a sociedade como um todo. Os projetos desenvolvidos no CEAP já marcaram presença na feira International Conference of Young Scientists – ICYS na Rússia, na III Rio Ciência realização IMPA – Instituto de Matemática e Pesquisas Aplicadas, venceram Prêmio Intel/ ISEF, estiveram na maior feira de ciências do mundo nos Estados Unidos, foram premiados pelo Programa Nacional de Apoio às Feiras de Ciências da Educação Básica e já venceram ao todo 32 prêmios na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia – Febrace. Além de todos esses prêmios e participações, muitos dos insights dos grupos chamaram e chamam a atenção de grandes empresas, que terminam por contratar potenciais talentos e patentear projetos no próprio evento.

Em 2018, os jovens não só utilizaram todo o conhecimento visto em sala de aula ao longo do ano como buscaram informações de diferentes fontes com o objetivo de entregar os melhores projetos possíveis. Dessa forma, os visitantes puderam presenciar alunos entre 10 e 18 anos apresentando projetos como o “Movimente com a Mente”: um projeto de interface Cérebro-Computador, BCI, do inglês Brain-Computer Interface, que consiste em um canal de comunicação entre indivíduo e máquina, possibilitando a transmissão de intenções de um usuário ao meio externo, sem o uso dos meios convencionais (teclados, mouses, telas sensíveis etc.).

O Movimente com a Mente foi um dos 93 projetos feitos pelos jovens que também expuseram soluções para pessoas com algum tipo de necessidade especial, como cadeira a rodas automatizada e a bengala eletrônica de baixo custo, desenvolveram soluções para problemas de suas comunidades, como o combate ao aedes aegypti, e apresentaram formas de investir, poupar e recomeçar a vida financeira.

O desenvolvimento de projetos e apresentações, pensadas nos moradores locais, é uma das tantas formas que os jovens encontram para devolver um pouco de todo o conhecimento e formação que receberam. Uma vez que eles, assim como o CEAP, acreditam que a tecnologia por si só não tem sentido, ela deve ser uma ferramenta capaz de ajudar outros, porque no final o que importa são as pessoas.

A Feira de inovação e Ciências do CEAP’, realizada nos dias 20 e 21 de outubro, contou com mais de 200 voluntários, 400 expositores, 10 mil visitantes e com a participação e o apoio de grandes empresas que acreditam no trabalho da organização, apoiando a formação dos jovens para que eles possam ter a oportunidade de serem protagonistas do próprio futuro.

O CEAP agradece ao apoio da CDF – Central de Funcionamento, BlueSoft, CTEEP, Liberty Seguros, CIELO, Fisk Jd. Pedreira e Colégio União.
parceiros: